Avulsão Dentária

Avulsão Dentária, como proceder

Quando um ou mais dentes se deslocam de sua cavidade, para fora do alvéolo – osso (avulsão), o procedimento inicial é: localizar o dente; segurá-lo pela coroa (parte utilizada para mastigar, não pela raiz); avaliar se está sujo e se necessário lavá-lo com água corrente ou soro fisiológico, sem esfregar. Procede-se para a recolocação do dente e se faz pressão leve enquanto se procura, imediatamente, o Cirurgião-Dentista. No caso de impossibilidade de reimplantar, transporta-se o dente em um recipiente limpo, com soro fisiológico ou leite, ou ainda, dentro da própria boca, sob a língua até o pronto atendimento. O Cirurgião-Dentista fixará o dente com fio semi-flexível por 2 à 4 semanas e prescreverá as medicações necessárias. E lembre-se: quanto mais rápido o reimplante for realizado, maior a chance de sucesso! Pequenos cuidados podem prevenir os traumas dentários. Alguns exemplos são: uso de cintos de segurança e assentos especiais para crianças; uso de protetores bucais durante a prática de esportes de contato; supervisão por adultos nos passeios de bicicleta, nos parquinhos e nas piscinas (grande índice de traumas dentários). E saiba que pessoas com protrusão dos dentes (para frente) são mais vulneráveis à traumas como fraturas e avulsões dentárias – mais um motivo para procurar um Ortodontista e corrigir ortodonticamente.